Papo Sério

Ciúmes

E ninguém está livre dele!
Compartilhe: Twitter Facebook Windows Live del.icio.us Digg StumbleUpon Google

Eu quero levar uma vida moderninha
deixar minha menininha sair sozinha
não ser machista
e não bancar o possessivo
ser mais seguro e não ser tão impulsivo
Mas eu me mordo de ciúmes
Mas eu me mordo de ciúmes

A letra da música “Ciúmes” do grupo Ultraje a Rigor já fez mais de 30 anos, mas o sentimento continua por aí, sempre machucando os corações e muitas vezes acabando com relacionamentos. E ninguém está livre dele! Ciúmes do namorado, do irmão, dos pais, dos avós e até das roupas... Não é fácil segurar aquele aperto no peito quando ficamos enciumados. Essa sensação vem do medo de perder alguém ou alguma coisa, mesmo que isso pareça impossível. Mas é preciso separar o ciúme normal, o provocado, com o único objetivo de machucar a outra pessoa, e também o ciúme excessivo. É normal sentir ciúmes do namorado, principalmente naquela fase em que você se sente feia e fica insatisfeita com o cabelo, as roupas e a pele. Nesse momento, você se desvaloriza e tem medo de perder seu gatinho para alguma outra menina mais bonita e interessante, mesmo confiando nele e sabendo que o namoro é sério. Assim como é normal ele ficar bravo quando sabe que algum amigo telefonou pra você ou deu um abraço mais apertado.

Esse sentimento em geral passa rápido, e no dia seguinte você consegue até sorrir ao lembrar de como foi boba ao pensar nisso.

Tem muita gente que sente ciúmes de roupas, CDs ou qualquer outros objetos de grande valor sentimental. Em geral, são peças guardadas com carinho e que foram ganhas de presente, ou seja, são muito importantes. Mas não vale a pena ficar sofrendo por causa delas, até porque nenhuma amiga de verdade vai roubá-las ou pegar emprestado e não devolvê-las. Se isso acontecer, converse com calma e explique o quanto aquele item é importante para você, mas não se deixe levar pelo ciúme.

O ciúme excessivo já começa a representar problema. Se você não consegue se controlar quando alguma menina fala com seu namorado ou detesta e rejeita todas as namoradas do seu irmão, o sinal de alerta está aceso.

É bom pensar e refletir sobre seus medos e as razões que levam a esse comportamento. Muitas vezes nós aumentamos e supervalorizamos o que sentimos, e o medo de perder só vai aumentando e gerando mais angústia. Nesse caso, é preciso saber qual a imagem que temos de nós mesmos, se nos valorizamos e se achamos que somos capazes. O ciúme do namorado por exemplo, nada mais é do que o medo de perdê-lo para outra. E aí a mente se encarrega de fazer o resto: você fica criando hipóteses, pensando que ele realmente está indo para outra, quando na verdade ele pode nem saber do que está acontecendo com você. Mas a briga acaba sempre acontecendo...

O ciúme provocado é ainda pior: quem faz isso demonstra pouco respeito pela outra pessoa, e o pior, pouco amor-próprio. Provocar o namorado inventando situações ou nomes de amigos de sua sala ou até mesmo demonstrar carinho excessivo pelos pais na frente dos irmão só para deixá-los enciumados, é um erro grande. Nestas situações, busca-se uma reação da outra pessoa, como se a demonstração de ciúmes significasse amor. Na verdade, na grande maioria das vezes ela gera raiva e um sentimento que pode até motivar um revide.

Pense bem: isso é bom para qualquer relação? Claro que não! E ainda tem gente que acredita que os ciúmes são a base de um relacionamento, e quando eles não existem é porque o amor acabou. Nada disso! Quando sentir essa sensação ruim, siga alguns conselhos:

- Pense se aquela situação é verdadeira ou se você está fantasiando demais. Muitas vezes nossa imaginação cria fantasmas assustadores, muito maiores do que realidade.

- Para o caso de ciúmes com objetos e roupas, a conversa é a melhor saída. Se alguém pegou alguma coisa muito importante para você e está demorando para devolver, explique a situação e deixe bem claro que não está satisfeita, mas de maneira saudável e sem explosões de raiva.

- Se sentir que alguém está provocando ciúmes apenas para machucar, ignore e tente mostrar para essa pessoa que é perda de tempo, por mais difícil que possa parecer.